top of page
  • sociollogadmi

O que é ESG e como é medido?


ESG é um acrônimo que se refere a três fatores principais usados para medir a sustentabilidade e o impacto social e ambiental de uma empresa. Esses fatores são:

  • Ambiental (E): Refere-se às práticas e impactos da empresa relacionados ao meio ambiente. Isso pode incluir questões como a gestão de resíduos, emissões de carbono, consumo de recursos naturais, políticas de energia renovável, conservação da biodiversidade e outros aspectos que afetam o ecossistema.

  • Social (S): Relaciona-se às práticas da empresa que afetam a sociedade, seus funcionários, clientes e as comunidades em que opera. Inclui aspectos como diversidade e inclusão, condições de trabalho, segurança dos funcionários, envolvimento comunitário, direitos humanos e relacionamentos com partes interessadas.

  • Governança (G): Trata das estruturas e processos de governança interna da empresa. Isso envolve a composição do conselho de administração, a remuneração dos executivos, a transparência nas divulgações financeiras, as políticas contra corrupção e práticas de ética empresarial.

A abordagem ESG é usada para avaliar o desempenho de uma empresa em termos de sua responsabilidade social e ambiental, além de seu compromisso com práticas de governança corporativa sólidas. Investidores, reguladores, consumidores e outras partes interessadas estão cada vez mais considerando esses fatores ao avaliar o valor e a viabilidade de uma empresa. As empresas que adotam boas práticas ESG muitas vezes buscam não apenas lucros, mas também impactos positivos no meio ambiente e na sociedade em geral


Como se faz a medição do ESG?

A medição do ESG (Ambiental, Social e Governança) de uma empresa envolve uma abordagem sistemática e multidisciplinar para avaliar suas práticas, políticas e impactos nessas áreas. Aqui estão alguns dos passos para medir o ESG de uma empresa:

  • Definir Indicadores e Métricas Relevantes: Identifique os indicadores específicos que são relevantes para cada uma das três categorias ESG (Ambiental, Social e Governança). Por exemplo, para a categoria Ambiental, você pode considerar indicadores como emissões de carbono, consumo de água, gestão de resíduos, entre outros.

  • Coleta de Dados: Reúna dados internos da empresa, relatórios de sustentabilidade, divulgações públicas e outros documentos relevantes.

  • Além disso, você pode considerar pesquisas de stakeholders, avaliações de terceiros e dados de fontes confiáveis.

  • Análise e Avaliação: Analise os dados coletados para calcular as métricas e indicadores específicos de ESG. Compare esses dados com benchmarks da indústria, normas regulatórias e padrões de boas práticas.

  • Classificação e Pontuação: Atribua pontuações ou classificações para cada indicador, refletindo o desempenho da empresa em relação às métricas ESG.

  • Avaliação Qualitativa: Além das métricas quantitativas, considere também aspectos qualitativos, como políticas internas, práticas de governança e iniciativas de sustentabilidade.

  • Integração dos Resultados: Combine as pontuações ou classificações de cada categoria (Ambiental, Social e Governança) para obter uma visão geral do desempenho ESG da empresa.

  • Comunicação e Divulgação: Comunique os resultados da avaliação ESG de forma transparente, seja por meio de relatórios de sustentabilidade, divulgações financeiras ou outros canais relevantes.

  • Melhoria Contínua: Use os resultados da avaliação ESG para identificar áreas de melhoria e definir metas para aprimorar o desempenho nas categorias ESG.

  • Lembrando que a medição do ESG pode ser complexa, pois envolve uma variedade de fatores, indicadores e abordagens. Muitas empresas também recorrem a agências de rating, índices de sustentabilidade e relatórios de terceiros para obter avaliações independentes do seu desempenho ESG.

Mas para além das métricas e desempenho, ESG envolve o propósito da empresa alinhado ao desejo de gerar um impacto positivos para a sociedade. Por meio de uma combinação muito própria de cada organização, busca-se a melhoria da qualidade de vida das pessoas, relações respeitosas e significativas e o cuidado com o planeta. É um conjunto interrelacional de resultados que se somam e elevam a organização ao patamar de um agente de transformação social. Assim, é possível ganhar dinheiro e melhorar o mundo.


A Sociollog tem uma equipe experiente e preparada para orientar sua organização na implantação de cada etapa do ESG. Entre em contato e saiba mais! - www.sociollog.com.br
17 visualizações0 comentário

コメント


bottom of page